Prefeitura de Pirapora encerra Campanha do Ativismo, projetando mais redução na violência

A Campanha de 16 dias de Ativismo pelo fim da Violência contra a Mulher, desenvolvida pela Prefeitura de Pirapora, via Secretaria Municipal da Família e Políticas Sociais (SEFAM), através do Centro de Referência da Mulher (CREMP) e em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, foi encerrada no sábado (10/12), com a Roda de Conversa com os adolescentes do NUCA.

Em celebração ao Dia Nacional dos Direitos  Humanos, a Roda de Conversa abordou temáticas relacionadas, tendo como plano de fundo o ativismo proposto pela campanha. Assim os jovens interagiram com uma troca de vivências e conhecimento sobre violência  contra mulher e meninos, relacionamentos abusivos e a desconstrução do machismo, dentre outros tópicos. Os participantes também foram conscientizados em relação aos canais de denúncia e como é a rede de enfrentamento a violência, no município.

Ativismo que dá resultados

Do dia 25 de novembro ao dia 10 de dezembro, a Campanha do Ativismo levou mais conhecimento, conscientização e mobilizou a sociedade piraporense. De acordo com o CREMP, essas ações têm sido imprescindíveis para combater a violência e quebrar paradigmas estabelecidos pelo machismo. No levantamento feito pela Polícia Militar, em Pirapora houve a redução de 17% nos registros de violência doméstica, no período de 01/01/2021 a 30/11/2021.

#fimdaviolênciacontraamulher #rompaosilêncio #prefeituramunicipaldepirapora #SEFAM #CREMP #disque180

Prefeitura de Pirapora investe em capacitação dos Conselhos Municipais

Na manhã desta terça-feira (13/12), dezenas de conselheiros municipais participaram da 1ª Capacitação para os Conselhos Municipais, promovida pela Prefeitura de Pirapora, através da Secretaria da Família e Políticas Sociais (SEFAM). Com o tema: “A função pública do Conselho e do Conselheiro”, foi proporcionada a oportunidade do entendimento organizacional que há na relação entre o Poder Público e a sociedade civil, para a formulação e desenvolvimento de políticas públicas.

A capacitação foi ministrada pelo vice-presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Roberto Carlos Pinto, que também é palestrante sobre outros temas como Acessibilidade, Orientação e Mobilidade, Vivências e Inclusão. Especialista em Direitos Humanos, com foco na temática da pessoa com deficiência, este profissional também tem vasta bagagem como conselheiro em Uberlândia, além de ser membro do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humano e de atuar no fortalecimento do Controle Social em Minas Gerais e no país.

Na abertura, a vice-prefeita e secretária da SEFAM, Anamaria Burle, salientou sobre os objetivos de investir nessa capacitação. “Desde o início da Gestão Ação e Reconstrução um dos nossos objetivos é o fortalecimento dos Conselhos Municipais, que são extremamente importantes dentro dos trabalhos da administração pública. Identificamos essa necessidade de nos capacitar para encararmos essa grande responsabilidade de representar todas as pessoas, que cada grupo representa. Os conselheiros são extremamente importantes para o diálogo e a formulação de propostas”.

Campanha do Ativismo de Pirapora promove palestra para recuperandos da APAC

Além de pautar um tema ainda muito atual e sensibilizar toda a sociedade piraporense, a Campanha de 16 dias de Ativismo pelo fim da Violência contra a Mulher desenvolveu várias ações para os diversos públicos, nas últimas semanas. Desenvolvida pela Prefeitura de Pirapora, via Secretaria Municipal da Família e Políticas Sociais (SEFAM), através do Centro de Referência da Mulher (CREMP) e em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, a campanha ganhou grande adesão e também foi levada até mesmo para espaços e públicos com limites de acesso.

Na última semana, a equipe do CREMP esteve na sede do Centro de Reintegração Social – Apac Pirapora – para promover a mobilização “Homens pelo Fim da Violência”, com a Palestra do Laço Branco, junto aos recuperandos da entidade. Cerca de 100 homens participaram do momento de esclarecimentos, conscientização e aprendizado com o palestrante Helano Mariz, que discutiu sobre os direitos das mulheres, leis vigentes e a prática tóxica do machismo, dentre outros tópicos.

“Foi uma grande oportunidade para estimularmos importantes reflexões. Desde o acesso ao conhecimento sobre como são provocadas a reações instintivas até os depoimentos pessoais relatados, buscamos desconstruir o machismo. Também distribuímos os laços brancos, como símbolo dessa luta. Eles foram conscientizados que ao aderirem a campanha, teriam como ideal jamais cometer um ato violento contra as mulheres e não se omitir perante algum tipo de violência”. Revelou a coordenadora do CREMP, Edna Maria Soares da Costa.

#fimdaviolênciacontraamulher #rompaosilêncio #prefeituramunicipaldepirapora #SEFAM #CREMP #disque180

Prefeitura de Pirapora conclui levantamento do BPC na Escola

A Prefeitura de Pirapora, através da Secretaria da Família e Políticas Sociais (SEFAM), na última semana, concluiu os trabalhos das equipes técnicas do Programa de Acompanhamento e Monitoramento do Acesso e Permanência na Escola das Pessoas com Deficiência Beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social – Programa BPC na Escola. Nos últimos meses, foram realizadas 113 visitas domiciliares nos lares das crianças e adolescentes beneficiários.

Em reunião na SEFAM, a secretária e vice-prefeita Anamaria Burle apresentou os resultados do levantamento feito por técnicos da Assistência Social, Saúde e Educação. Além dos profissionais envolvidos, também participou a presidente do Conselho Municipal da Pessoa Portadora de Deficiência (CMDPD), Shirley Lebron.

No encontro, foi esclarecido que as ações serão realizadas no município através do Comitê Gestor do Programa. Segundo Anamaria Burle, todo o processo buscará favorecer a inserção dos beneficiários e suas famílias nos serviços socioassistenciais e promover a inclusão educacional do público, além dos serviços no âmbito da saúde.

“É por meio do acompanhamento dos beneficiários que são apontadas diversas atividades e ações que podem ser feitas para superação das barreiras vivenciadas, pelas crianças e adolescentes com deficiência. E o nosso objetivo é garantir o acesso e a permanência na escola de crianças e adolescentes até 18 anos, com deficiência, inseridas neste programa.” Ressaltou a vice-prefeita.

Prefeitura de Pirapora reativa convênio com o Clube SESI

Para o bem estar dos servidores e promoção de mais qualidade de vida, a Prefeitura de Pirapora renovou o convênio de parceria com o Clube SESI, na última semana. Agora, os funcionários municipais e suas famílias voltam a ter uma ótima opção para o lazer, diversão e para a prática de atividades físicas e esportivas.

Contando com uma estrutura para inúmeras modalidades esportivas (natação, peteca, futebol, tênis e etc), o Clube SESI em Pirapora também dispõe de escola de esportes para crianças e adolescentes e faz locações de espaços para eventos sociais e esportivos. Os associados também têm descontos na retirada de convites e no cadastramento de crianças e idosos.

Os servidores interessados em se associar, através do convênio com a Prefeitura, devem procurar a secretaria do clube, de segunda à sexta-feira, das 08 horas até às 22 horas, ou ligar no telefone (38) 3741-2872, para mais informações. O Clube SESI fica localizado na Rua Cristiano Machado, 765, no bairro Cinquentenário.

Duas entidades são classificadas para o Chamamento Público da Cultura de Pirapora

A Prefeitura de Pirapora, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Cultura (SEJUC), nos últimos dias, realizou a abertura dos Envelopes-Proposta, apresentadas por Organizações da Sociedade Civil (OSC), para a concorrência ao Chamamento Público n° 001/2022, que tem como objeto: “Realização de Projetos Culturais envolvendo o Desenvolvimento Artístico e Cultural de Cidadãos do Município, em especial, crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, através da oferta de oficinas musicais”.

Com a presença do Secretário Municipal de Esportes, Juventude e Cultura (SEJUC), Alan Gitirana, esta etapa foi efetuada pela Comissão de Seleção de Parceria e representantes da SEFAM, através do Setor de Chamamento Público e Apoio às Associações. Perante a regulamentação do processo e os pré-requisitos determinados, duas entidades foram habilitadas e classificadas, para o desenvolvimento das atividades, que conta com o orçamento de R$ 240.000,00.

De acordo com a Ata de Abertura, a Associação Cultural, Musical e Artística São Vicente de Paulo e a Associação Casa da Cultura Afro Gerais foram as organizações contempladas, conforme os Planos de Trabalhos apresentados. Seguindo o cronograma deste chamamento, o processo agora está em fase de interposição e análise dos recursos contra o resultado preliminar. Até a quarta-feira (14/12), a Comissão de Seleção de Parcerias deverá concluir o relatório. A homologação do resultado definitivo está prevista para o dia 17 de dezembro.

Acesse aqui o Edital de Chamamento Público Nº 001/2022:

http://www.pirapora.mg.gov.br/wp-content/uploads/2022/10/Edital-Chamamento-Publico-Projetos-Musicais.pdf

Campanha de Ativismo sensibiliza e ganha grande adesão em Pirapora

A Campanha de 16 dias de Ativismo pelo fim da Violência contra a Mulher, encabeçada pela Prefeitura de Pirapora, via Secretaria Municipal da Família e Políticas Sociais (SEFAM), através do Centro de Referência da Mulher (CREMP) e em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, segue crescendo e sensibilizando os diversos públicos e segmentos da sociedade piraporense.

Dentre as ações propostas, a adesão pela pulseira laranja que representa a campanha tem movimentado as redes sociais da Prefeitura de Pirapora e de entidades e personalidades parceiras. Nestes últimos dias, a equipe da SEFAM tem recebido uma grande demanda de solicitações pelas pulseiras, que se tornaram um adereço de concorrido.

Além disso, a equipe do CREMP também tem registrado um aumento no número de convites para levar as informações da campanha para empresas, instituições e diversos pontos da cidade. As profissionais já realizaram ações nos principais departamentos da Prefeitura e em outras repartições públicas do município, na Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães, no Batalhão da Polícia Militar, no Corpo de Bombeiros, na OAB, no Instituto AMAR e na Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) de Pirapora.

Na programação preparada, também está prevista uma abordagem específica para sensibilizar os homens pelo fim da violência, com a Palestra do Laço Branco. Nesta quinta-feira (08/12) essa temática será abordada junto aos recuperandos da APAC, a partir das 19 horas. No próximo sábado (10/12) a Campanha dos 16 dias de ativismo, será encerrada com a Roda de Conversa que será desenvolvido com os jovens do Núcleo de Cidadania de Adolescentes (NUCA).

#fimdaviolênciacontraamulher #rompaosilêncio #prefeituramunicipaldepirapora #SEFAM #CREMP #disque180

Conferência Municipal define novas propostas e representantes de Pirapora na luta pelos direitos da Criança e do Adolescente

A 12ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, realizada pela Prefeitura de Pirapora na última sexta-feira (02/12), por meio da Secretaria da Família e Políticas Sociais (SEFAM) e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), definiu os seis delegados que vão representar o município na Conferência Regional e apresentar as propostas elaboradas no evento, que contou com a participação de centenas de participantes.

Com a presença de crianças e adolescentes da comunidade escolar, profissionais correlatos e atores sociais ligados direta e indiretamente aos jovens, além do Dr. Carlos Renato Correa, Juiz da Vara da Infância e Juventude e dos componentes do Conselho Tutelar, a conferência demonstrou alcançar um dos seus principais objetivos, de promover a ampla mobilização social.

O evento teve como tema “Situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempo de pandemia da Covid-19: violações e vulnerabilidades, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade”. Na abertura, a vice-prefeita e secretária Anamaria Burle deu as boas vindas e destacou o comprometimento da Gestão Ação e Reconstrução em trabalhar por políticas públicas, conforme o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA).

A estrutura e a amplitude alcançada pelo evento foram destacadas pelo Dr. Carlos Renato Correa. “Quero parabenizar a Prefeitura de Pirapora pela organização deste evento e pela efetiva participação de crianças e adolescentes. Isso demonstra a seriedade e comprometimento com os direitos e políticas específicas com este público”. Pontuou o juiz da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Pirapora.

Após a leitura e aprovação do Regimento Interno, por parte de Ana Carolina de Jesus Queiroz, presidente do CMDCA, a psicopedagoga e assistente social, Carla Valéria, ministrou sua palestra que abordou esclarecimentos fundamentais sobre os principais desafios na garantia dos direitos das crianças e adolescentes, dentre outros tópicos. Em seguida, foram estabelecidos grupos de trabalho, para estimular a formulação de propostas, que foram discutidas na plenária final, a qual definiu ainda os seis delegados representantes de Pirapora.

Prefeitura de Pirapora promove a Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

A Prefeitura de Pirapora, por meio da Secretaria da Família e Políticas Sociais (SEFAM) e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), realizará a 12ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente na próxima sexta-feira (02/12), no Centro de Convenções, a partir das 08 horas.

Com o intuito de promover ampla mobilização social na esfera municipal para refletir e avaliar os reflexos da pandemia da Covid-19 na vida das crianças e adolescentes e de suas famílias, o evento também vai possibilitar a construção de propostas de ações e políticas públicas que garantam os seus direitos no contexto pandêmico e pós-pandemia.

Em virtude disso, o tema dessa edição será: “Situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempo de pandemia da Covid-19: violações e vulnerabilidades, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade”. Organizada em cinco eixos, a proposta visa envolver todos os atores e segmentos da sociedade.

De acordo com a organização, além da leitura e aprovação do Regimento Interno, a programação conta também com palestra, apresentação cultural e grupos de trabalho que vão compor a plenária final, para a deliberação das propostas formuladas e a eleição dos delegados.

Comunicado – Cancelamento do Seminário

A Prefeitura Municipal de Pirapora, através da Secretaria da Família e Políticas Sociais, por meio do Centro de Referência da Mulher, informa que por motivo de luto o Seminário de Fortalecimento da Rede de Enfrentamento a Violência Contra as Mulheres que seria realizado hoje, às 14h, no CEPS, foi cancelado. Informaremos posteirormente a nova data do evento.