Mais Lidas
Divulgação 11/01/2022 16:34

Pirapora em alerta com a cheia do Rio São Francisco

Autor(a): Anna Carolina Palma Mendonça Foto: Divulgação

As ações de prevenção contra desastres provocados pelas chuvas continuam em Pirapora.
Desde a última semana com os alertas emitidos pelo Serviço Geológico do Brasil - CPRM e o Boletim diário da Usina Hidrelétrica de Três Marias, que comunica o aumento da vazão de defluência e o grande volume de águas do rio Abaeté, que o município de Pirapora está alerta com relação ao nível do rio São Francisco.
Todos os órgãos envolvidos nas ações de socorro, Defesa Civil Municipal, Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Civil, Secretaria de Projetos e Obras, Secretaria da Família e Políticas Sociais, Secretaria de Saúde, SAAE e Secretaria de Educação vem se mobilizando e alinhando ações afim de diminuir os danos causados pelo desastre ou mesmo evitar qualquer situação de risco.
Com o aumento do nível do rio, no último sábado todos os envolvidos nas ações de socorro estiveram reunidos no Auditório da Polícia Militar, para uma reunião de alinhamento e mobilização, onde ficou definido os próximos passos diante da previsão de cheia do Velho Chico e a evacuação imediata das Ilhas Fluviais: Coqueiro, Pimenta e Marambaia, afim de garantir a segurança de todos os seus moradores. Todos os presidentes das ilhas foram informados pela Defesa Civil da necessidade da evacuação das mesmas. Também no sábado a Defesa Civil realizou juntamente com a Marinha do Brasil e Corpo de Bombeiros, vistoria onde foi registrado o início da inundação da ilha do Coqueiro.
Na tarde de ontem (10/01) a Defesa Civil, Marinha do Brasil e Polícia Militar esteve reunida com os presidentes das associações das Ilhas Fluviais, para saber da real situação e se todos evacuaram a área. Foi constatado que na Ilha do Coqueiro ainda existia algumas famílias, o que foi necessário uma operação em conjunto, envolvendo a Marinha do Brasil, Defesa Civil, Policia Militar e Corpo de Bombeiros. Todos foram orientados a evacuar a área e inclusive uma família foi conduzida ao município pela própria equipe.
Cada ação tem impactado de uma maneira diferente na prevenção de desastres, pois o objetivo principal das forças militares e municipais é preservar a vida humana. A Defesa Civil faz um alerta para que a população não se arrisque e evite as áreas de risco, e que os ribeirinhos estejam atentos ao aumento do nível do rio.
\"Muitos municípios de Minas Gerais estão em situação de emergência, e pedimos que os piraporenses evitem as áreas de risco, não é o momento de nadar no Rio São Francisco. Sejamos todos cautelosos, pois nossas vidas não tem preço. Em caso de perigo ou inundações acione o Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.\" comenta Carla Dias, coordenadora da Defesa Civil de Pirapora.

Banner