Mais Lidas
Campanha 16 dias de ativismo 19/12/2019 10:17

PIRAPORA DIZ NÃO À VIOLÊNCIA DE GÊNERO

Autor(a): Larissa Rocha/Ascom Foto: Larissa Rocha/Luiz Rocha/Orimar Santos/CREMP

A prefeitura de Pirapora, por meio da Secretaria de Família e Políticas sociais, o Centro de Referência da Mulher (CREMP) e Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM), promoveu diversas ações da Campanha 16 dias de Ativismo. Essa campanha, anual e internacional, é incentivada pela Organização das Nações Unidas (ONU), no período de 25 de novembro a 10 de dezembro para que todos os setores da sociedade se mobilizem para eliminar a violência contra mulheres e meninas, independente de raça ou classe social.

Este ano, a organização da campanha em Pirapora, visitou todos os equipamentos socioassistenciais do município. O foco principal da campanha foi a sensibilização dos profissionais da assistência social (para melhorar o acolhimento das mulheres) e também a desconstrução da masculinidade tóxica (para que os homens possam se tornar aliados na luta por direitos iguais).

 

ALIADOS POR DIREITOS IGUAIS

 

Outro ponto muito importante da campanha é o Dia do Laço Branco, que ressalta a participação dos homens pelo fim da violência contra mulher. Dados das Nações Unidas apontam que “a maioria dos atos de violência física ou sexual são cometidos por um parceiro. Metade das mulheres mortas em todo o mundo foram assassinadas por parceiros ou familiares. Em comparação, apenas um em cada 20 homens foram mortos nas mesmas circunstâncias”.

Por isso, é muito importante trabalhar com os homens de todas as idades esse tema. Assim, a campanha foi levada para a sede da Prefeitura Municipal com uma abordagem acolhedora e informativa, realizada pelo CREMP, CMDM e Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA).

As equipes receberam os cidadãos que passavam e percorreram os setores abordando os servidores para que, usando o laço branco no peito, também pudessem propagar a mensagem da luta pelo fim da violência contra as mulheres. Visitaram também o Fórum da Comarca de Pirapora e agências bancárias do entorno.

“Devemos nos engajar na construção de uma sociedade mais justa para as mulheres. Nosso papel enquanto homens é ser mais igualitários. enquanto secretário, ao assumir a gestão da Secretaria de Família e Políticas Sociais, me coloquei a disposição do CREMP e CMDM para entender e fortalecer as ações de prevenção, combate e enfretamento à violência contra a mulher”, ressaltou o secretário da família e políticas sociais, Luiz Antonio Pulcherio.

A Prefeita Marcella Fonseca ressalta: “Nossa gestão tem o compromisso de buscar o fim de todas as formas de violência contra mulheres e meninas. Nossa felicidade é ter um setor dedicado ao enfrentamento deste problema social que assola a vida de tantas famílias. O trabalho do CREMP é responsável por manter nosso município fora das estatísticas alarmantes de violência que recaem sobre nossos municípios vizinhos”.