Mais Lidas
Encontro do idoso 2019. 19/06/2019 12:27

TECENDO A REDE DE PROTEÇÃO DA PESSOA IDOSA

Autor(a): Larissa Rocha/Ascom Foto: Ascom

É notório que o envelhecimento populacional na atualidade é uma variável muito importante para assegurar o bem-estar de toda a humanidade nas próximas décadas. Assim, os setores institucionais e sociedade civil estão debatendo os desafios da inclusão e cuidado do idoso na sociedade atual, frente ao valor incomparável desta parcela da população.

Nesta terça-feira (18/06), a prefeitura de Pirapora por meio do Centro de Referencia do Idoso (CRIP) realizou o Encontro da Rede de Proteção da Pessoa Idosa, para dialogar sobre “Os desafios de Envelhecer no século XXI”. O evento contou com a parceria de longa data da Associação da Melhor Idade de Pirapora.

Estiveram presentes idosos de todo o município e autoridades: servidores dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS); equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF); representando a Policia Militar, o Tenente Heiser; o vereador Eder Danilo; representando as comunidades católicas, o Padre Jolly; representando a SEFAM, a técnica de referência do Centro de Referência Especializado na Assistência Social, Cintia Winders; Shirley Ferreira Silva Alves, representando a secretária de saúde, Maria Cândida Fiuza; representando a SEMED, Elizabete Pereira de Souza; a presidente do Conselho do Idoso, Edvaldina Castro; e a presidente da Associação da Terceira Idade, Maria Nair Palma. 

Na abertura, a gerente do CRIP, Gisa Cares, falou sobre o histórico de articulação da rede no município. “Recentemente temos intensificado as ações de inclusão e emancipação do idoso no município. Isso porque buscamos cada vez mais capacitação e, principalmente, integração entre a população, empresariado, o CRIP e os demais setores de atendimento da Secretaria de Família e Políticas Sociais (SEFAM). Agradecemos também a toda equipe de trabalho do CRIP”.

“Nosso debate evolui para a necessidade de ser construída uma rede de atendimento capaz de absorver as demandas apresentadas pelos idosos seja na área da saúde, do transporte ou da segurança, por exemplo. Atualmente, é fundamental diagnosticar a situação dos idosos em Pirapora e assim apontar perspectivas de emancipação deles”, ressaltou o vereador Eder Danilo.

As demais autoridades presentes pontuaram a importância do cuidado com este público, para que a sociedade possa tratar os idosos com o respeito que eles honraram durante suas vidas e o carinho que merecem. Assim, poderão construir uma rotina de vida ativa e satisfatória.

Em seguida, os presentes participaram de uma palestra com a Conselheira Estadual da Pessoa Idosa, Mariangêla de Bessa Chácara, que apontou diversas ações para trabalhar a inserção dos idosos numa rotina saudável e construtiva, conforme essa população merece.

“A legislação existe. O desafio é integrar o poder público e a sociedade civil para promover as ações que fortalecem esta rede. Esse é o trabalho que o CRIP vem desenvolvendo muito bem. Estamos orgulhos das atividades que o centro tem realizado em Pirapora”, afirmou a secretária municipal da Família e Políticas Sociais, Heloisa Alves de Almeida Gribel.

A prefeita Marcella reafirma o compromisso dessa gestão com o bem estar da pessoa idosa: “Visamos proporcionar o acesso e garantia de direitos aos piraporenses de todas as idades. Parabenizo a SEFAM e Centro de Referência do Idoso pelo acolhimento e realização de tantas atividade para este público. É muito gratificante este trabalho”.

 

SERVIÇO: o Centro de Referência do Idoso (CRIP) está localizado à Avenida Comandante Santiago Dantas, 692, Centro, Pirapora/MG.