Mais Lidas
Escolas municipais utilizaram da arte para promover o desenvolvimento intelectual dos alunos 26/12/2017 11:22

Culminância do projeto de vivência artística da educação especial em Pirapora

Autor(a): Larissa Rocha/ASCOM Foto: SEMED

As escolas da rede municipal realizaram a culminância do projeto “Arte e Vivência no contexto do A.E.E.”, que trabalhou ao longo do ano o desenvolvimento cognitivo dos estudantes com necessidades especiais, através das amplas possibilidades fornecidas pelo estudo e prática da arte.

A pedagoga, Raquel de Souza Batista de Queiroz, reforça a importância desse projeto no ambiente escolar: “Trabalhar com a arte ajuda os educandos do Atendimento Educacional Especializado – AEE a superar seus limites e dificuldades para desenvolver elaborações abstratas ou generalizantes. Assim, o projeto proporcionou a eles a possibilidade de desenvolver o nível de habilidade artística, social e conhecimento humano, potencializando a cognição”, explica a Superintendente de Apoio à Educação Especial.

Nesse contexto, a equipe de apoio ao AEE, composta também pelas profissionais Claudia Silva Moura Queiroz e Maria Liliane Pereira Soares, reafirma o empenho dos educadores do setor no dia a dia das escolas. “A inclusão acontece quando todos trabalham em união pela igualdade. Eles se doam diariamente, estendendo as mãos e os corações àqueles que carecem de maior atenção para se desenvolverem. É imprescindível agradecer a todos os profissionais que se doaram, neste ano, para que nossas crianças tivessem a oportunidade de sonhar, crescer e aprender”, ressalta Raquel Souza.