Mais Lidas
Pirapora de mãos dadas na Luta contra o Câncer 09/10/2018 12:26

Pirapora de mãos dadas na Luta contra o Câncer

Autor(a): kelly Cristina Foto: Ascom

A Luta contra o Câncer é uma caminhada que precisa ser feita com muita paciência, afeto e união. Para descobrir se a pessoa possui ou não o câncer, o diagnóstico deve ser rápido e preciso, pois ele não para de crescer, enquanto aguarda o diagnóstico, o câncer cresce.

No intuito de realizar a luta contra o câncer de mama, os piraporenses somaram forças a Secretaria Municipal de Saúde de Pirapora, Centro de Referência da Mulher, Centro de Especialidades Médicas, Residência de Saúde da Mulher da Unimontes, Atenção Primária,Secretaria da Família e Políticas Sociais, UNOPAR, Centro de Promoção a Saúde, ASCOM, IFNMG, Polícia Militar e outros parceiros que juntos promovem em outubro, ações de conscientização.

O lançamento da Campanha Outubro Rosa começou no dia primeiro com uma caminhada pelas ruas principais até a Praça dos Cariris. O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo desde 1997. No Brasil a campanha multiplicou as ações a partir de 2009.

“O câncer da mama é o que mais acomete as mulheres em todo o mundo. Em 2018, esperavam-se para o Brasil 59.700 novos casos da doença, com risco estimado de 56,33 casos a cada100 mil mulheres”, destacou a Secretária Municipal de Saúde de Pirapora, Maria Cândida Fiuza.

A Campanha em Pirapora terá muitas novidades. A caminhada Rosa contou com a participação ilustre da Fanfarra do Instituto Federal do Norte de Minas e apresentação da Zumba Rosa. 

A programação prevê ainda Roda de Conversas, palestras, mamografias e exames preventivos. Para realizar os exames preventivos basta procurar a unidade de saúde para agendamento. Para solicitar a mamografia, que será realizada nos dias 06, 20 e 27 de outubro, de 7 às12h,  no CEM é necessário procurar a unidade para solicitar o pedido e levar o guia da mamografia com o número do SISCAN. O público alvo são mulheres que não fazem a mamografia há mais de dois anos.