Mais Lidas
Prefeitura discute parceria para implantação do tratamento do câncer em Pirapora 12/09/2018 12:41

Prefeitura discute parceria para implantação do tratamento do câncer em Pirapora

Autor(a): kelly Cristina Foto: Ascom

O secretário de Governo, Sinvaldo Alves Pereira, representando a prefeita Marcella Machado Fonseca, reuniu com a diretoria da Santa Casa de Montes Claros, no dia (11), na Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães Freire, com o objetivo de firmar parceria para implantação do tratamento do câncer em Pirapora.

Participaram da reunião, representando a Santa Casa, Maurício Sérgio Souza e Silva, superintendente; o diretor financeiro, Carlos José de Almeida Lima e a referência técnica Laerte Matheus. Representou Pirapora, além do secretário de Governo, o presidente da Fundação Hospitalar, Lúcio Flávio Coelho, o superintendente da Fundação, João Carlos e o médico Dr. Wagner Figueiredo.

Sinvaldo explicou que levou essa proposta para a Comissão Intergestores Regional (CIR), quando era o secretário de Saúde de Pirapora. Ele afirma que a parceria é muito importante para o município uma vez que a Santa Casa de Montes Claros é a principal referência em tratamento de câncer no Norte de Minas. “Queremos facilitar o tratamento dos pacientes com câncer de Pirapora e da microrregião. Existe uma dificuldade para os pacientes e suas famílias que necessitam deslocar da cidade a fim de fazer esse tratamento em outros municípios. Temos boas parceiras com casas de apoio, mesmo assim, por ser a viagem muito desgastante para o paciente, decidimos junto à Fundação Hospitalar buscar novas parcerias para realizar o tratamento do câncer dentro do próprio município, e assim diminuir o sofrimento dos pacientes que precisam sobreviver”, explicou.

O superintendente Maurício Sérgio reafirmou que,“a Santa Casa de Montes Claros possui um moderno Centro de Oncologia que já atende pacientes de Pirapora e de outras cidades. Fazer o tratamento dentro próprio município, e iniciar novos tratamentos em Pirapora será muito benéfico, primeiramente para o paciente e sua família que evitará a viagem de Pirapora a Montes Claros, o que diminui o desgaste físico, emocional e o tempo de espera para o início de tratamento”, informou.

Ainda segundo Maurício, após as tratativas da parceria a Santa Casa irá proporcionar a capacitação de detecção precoce do câncer para os profissionais da atenção básica. “Os médicos deverão vir de Montes Claros com a frequência entre 10 a 15 dias. A nossa proposta é iniciar o mais rápido possível com os atendimentos de quimioterapia”, ressaltou o superintendente.

Para o presidente da Fundação Hospitalar de Pirapora, Lúcio Flávio Coelho, o projeto é perfeitamente exequível. “Queremos implantá-lo junto a Santa Casa o quanto antes”, ressalta.

“O hospital municipal possui estrutura e profissionais qualificados para atender. Contamos com 120 leitos e estamos prontos para essa ampliação que resultará em um novo Centro de Quimioterapia da Santa Casa em Pirapora, o que também faz parte do projeto de expansão da saúde no município junto com o serviço de hemodinâmica e outros, e o apoio da prefeita Marcella para fortalecer a microrregião. Na próxima semana, daremos início a fase operacional do projeto que prevê a garantia do diagnóstico e tratamento do câncer em Pirapora, uma parceria com a Santa Casa que é um dos mais bem conceituados hospitais de Minas Gerais”, garante Lúcio Flávio.