Mais Lidas
Fundação Sara inicia capacitação em Pirapora 06/06/2018 12:58

Fundação Sara inicia capacitação em Pirapora

Todas as unidades de atenção primária serão capacitadas para o diagnóstico precoce

Autor(a): kelly Cristina Foto: Ascom Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Pirapora realizou convênio junto a Fundação Sara, que presta assistência social às crianças e adolescentes com câncer, com o objetivo de ofertar capacitação técnica para que os profissionais de saúde possam identificar os sinais de alerta para o câncer infantil.A capacitação foi dividida em seis módulos, e teve início no dia 17 de maio, no CEPS, com previsão de encerramento em junho.

A médica oncopediatra, Dra. Eliana Cavacami, afirmou que o câncer é a doença que mais mata criança no Brasil. “O câncer é uma mutação genética na célula que a transforma. Em crianças e jovens a doença tem evolução rápida, mas o diagnóstico precoce junto ao tratamento adequado proporcionam chances de até 85% de cura, como aponta os dados do INCA. Entre cem pessoas com câncer, três serão crianças. A cura existe, e é por isso que precisamos expandir as capacitações, viabilizando o diagnóstico e o tratamento da criança e do adolescente. O Instituto Ronald McDonald é parceiro da Fundação Sara nesse projeto”, destacou a médica.

Para a enfermeira da Fundação Sara, Priscila Pimenta, a participação dos profissionais de Pirapora foi positiva, “a participação dos técnicos de enfermagem, enfermeiros, agentes de saúde, médicos, psicólogos e assistentes sociais é muito importante na redução da mortalidade infantil”, pontuou. Ela também falou sobre os direitos do paciente com câncer.

Segundo informou a coordenadora da Atenção Primária de Pirapora, Joice Quadros, o Norte de Minas tem uma previsão de 150 novos casos por ano, e a atenção primária deve estar voltada para o rastreamento e o diagnóstico precoce do câncer. “Precisamos estar alertas, pois mais de 50% dos canceres na região do Norte de Minas não são diagnosticados. Todas as unidades de atenção primária serão capacitadas para o diagnóstico precoce que ocorrerá em três turmas, cada uma delas com três encontros. A Secretaria de Saúde de Pirapora e a Fundação Sara desejam munir todos os profissionais da área de conhecimentos, orientando o papel de cada um, para realizar o diagnóstico precoce”, disse.

De acordo com a secretária de Saúde, Maria Cândida Fiuza, “a inserção dos temas junto às unidades básicas de saúde traz imensuráveis benefícios para os usuários do serviço de saúde, pois alinha condutas assistenciais”, informou a secretaria de Saúde.