Mais Lidas
Os conselheiros municipais de saúde de Pirapora tiraram dúvidas acerca de temas; como o papel do conselheiro municipal de saúde. 17/10/2018 14:05

Pirapora recebe a visita do vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde

O vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde, Ederson Alves da Silva foi recebido pela Secretaria de Saúde

Autor(a): Kelly Cristina ASCOM/SAÚDE Foto: Ascom/Sesau

A Secretaria Municipal de Saúde de Pirapora recebeu a visita do vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde (CES-MG), no dia 13, no Centro de Educação Permanente em Saúde de Pirapora, que veio tratar do Controle Social e Participação no SUS.

O vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde, Ederson Alves da Silva, explicou que o Conselho Municipal de Saúde de Pirapora representa a população.

“É preciso fortalecer os espaços de controle social. O cidadão precisa levar sua demanda aos conselheiros municipais e, informa-los sobre tudo que vem acontecendo em cada setor; se aquela unidade básica de saúde está adequada, se o médico está atendendo, se tem profissional, se tem ou falta medicamento, e como é que está acontecendo esse atendimento, se está sendo humanizado e outras informações necessárias”, orientou o vice-presidente.

Ele ressalta ainda que a participação da população nos espaços de reuniões do conselho é importante. “Aqui em Pirapora, a reunião vem acontecendo na última quinta-feira do mês. Peço à comunidade que procure se informar sobre o local e horário na Secretaria de Saúde para conhecer quem são os representantes da sociedade e os representantes da gestão municipal. Nós, conselheiros, temos o dever de dar satisfação à comunidade sobre as ações, inclusive as pessoas também podem ter acesso às Atas das reuniões dos conselhos até mesmo para saber o que os conselheiros estão fazendo. É essencial a construção de uma política pública de saúde melhor para o município e trazer outros atores estratégicos para esse debate, pois não somos só fiscalizadores, também somos propositivos”, destacou o vice-presidente da CES-MG.

Os conselheiros municipais de saúde de Pirapora tiraram dúvidas acerca de temas; como o papel do conselheiro municipal de saúde, os trabalhos junto a Atenção Primária, e fizeram perguntas sobre a questão das Leis, sobre os gastos da gestão, e investimentos. Eles debateram sobre o tempo de mandato do conselheiro, possível substituição e falaram também a respeito de um veículo junto à gestão municipal para a realização dos trabalhos e conversaram também sobre cursos de qualificação para os conselheiros.

O presidente do Conselho Municipal de Pirapora, João Alves Crisóstomo explicou que, “é necessária essa troca de experiências entre os conselheiros de saúde. O apoio da Secretaria de Saúde, entidades, vereadores e Prefeitura Municipal também são fundamentais. Temos feito ações externas, e recentemente a Lucy representou o Conselho de Pirapora em um curso de formadores de conselheiros técnicos em saúde que aconteceu em parceria com o Conselho Nacional de Saúde, ocorrido em Montes Claros. O cidadão deve ter consciência dos seus deveres e participar dos assuntos que são tratados nas reuniões do conselho”, disse.