Prefeitura de Pirapora acolhe moradores afetados pelas chuvas e disponibiliza pontos de apoio e assistência profissional

Dentro do Plano de Ações Emergenciais para o enfrentamento das chuvas, a Prefeitura de Pirapora, por meio da Secretaria da Família e Políticas Sociais (SEFAM), disponibilizou duas equipes, em parceria com a Secretaria de Saúde (SESAU), para atender os moradores dos bairros Sagrada Família e Cidade Jardim, nos pontos de apoio criados para amparar as famílias mais impactadas.

Na atuação da secretaria, está sendo desenvolvido o acolhimento dos grupos familiares, em conjunto com a Defesa Civil, o fornecimento de alimentação e a distribuição eventual de cestas básicas, além do aluguel social, conforme os critérios previstos, na aplicação destes benefícios. Os profissionais da SEFAM e da SESAU também estão indo até as residências mais afetadas, para apurar informações e realizar o registro dos maiores vitimados pelas chuvas.

O carro do SAAE foi disponibilizado para uma força tarefa de distribuição de água potável, nos pontos mais críticos da cidade. Segundo a SEFAM, os munícipes que se solidarizam e querem ajudar estas famílias, que estão sendo amparadas pela Prefeitura, podem entregar as suas doações, a partir das 08 horas deste domingo, na Secretaria de Esportes, Juventude e Cultura (SEJUC), situada na Praça da Estação (s/n), no Centro de Pirapora.

Serviço: Pontos de Apoio para os moradores afetados pelas chuvas.

Local: Unidade Básica de Saúde (UBS Sagrada Família) – Rua Uberaba, 168, no bairro Sagrada Família.

Local: Centro de Referência de Assistência Social (CRAS Cidade Jardim) – Rua Professora Alzira Ferreira, 321, no bairro Cidade Jardim.

Atendimento também neste domingo (29/01), a partir das 08 horas.

Conscientização Ambiental

A Prefeitura de Pirapora, através da Secretaria Municipal de Administração e Finanças, por meio do Setor de Licitações, disponibilizou um ponto de coleta de pilhas e de lixo eletrônico ou Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos (REEE), que ficará na entrada da prefeitura, na Rua Antônio Nascimento, n° 274 – Centro, de 12h às 18h.

O movimento encabeçado pelo Setor de Licitação, em parceria com o SAAE (idealizador do projeto e responsável pela coleta), pretende incentivar o descarte correto do lixo eletrônico e de pilhas, além de disponibilizar um ponto fixo, que facilite o cidadão na hora de jogar fora este tipo de resíduo.

Podem ser descartados, neste ponto de coleta, pilhas, baterias, monitores, carcaças de computadores/notebooks, aparelhos de TV, celulares, lâmpadas e componentes eletrônicos.

Crime ambiental

Sabia que é crime ambiental (passível de multa) jogar o celular velho ou que não funciona no lixo comum? De acordo com o Artigo 33 da Lei N° 12.305/2010 (Política Nacional dos Resíduos Sólidos, ou PNRS), o fabricante é obrigado a fazer a logística reversa dos eletroeletrônicos que comercializa. Portanto, o cidadão deve fazer o descarte de forma ecologicamente correta, para que a empresa especializada recolha os aparelhos seguindo a legislação ambiental.

Prefeita participa de Seminário Ecológico em Defesa do Rio São Francisco

Dia 05 de junho é comemorado o dia Mundial do Meio Ambiente, e para comemorar esta data a revista Liberdade “o outro nome de Minas”, com o apoio da CODEVASF 1ª Superintendência Regional, Ministério Público de Minas Gerais, Conselho Nacional do Ministério Público, Instituto Estadual de Florestas, CEMIG, COPASA, Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Prefeitura de Pirapora, Emutur e Circuito Turístico Guimarães Rosa, promovem nos dias 5 e 6 de junho, no Centro de Convenções de Pirapora um seminário ecológico em defesa do Velho Chico.

O evento teve a abertura com a prefeita de Pirapora, Marcella Machado Ribas Fonseca, dando boas vindas aos presentes e parabenizou a iniciativa do projeto. “É com satisfação que recebemos mais um evento ecológico e em defesa do rio São Francisco em nossa cidade. Sabemos da importância do meio ambiente para nossas vidas e é preciso preservar os recursos naturais”, comenta Marcella.

Em seguida o Delegado da Polícia Federal, Marcelo Eduardo Freitas, fez uma palestra sobre “O imediatismo do homem, destruição da fauna e flora, degradação do Rio, contrabando de animais silvestres”, para todos os alunos da escola estadual Fernão Dias e demais autoridades presentes.

Para finalizar, o ambientalista Sóter Magno, falou sobre as “Receitas simples que podem ajudar na sustentabilidade e revitalização do Velho Chico”, dando demonstrações de como realizar iniciativas para a preservação dos recursos naturais, enfatizando os cuidados com a utilização da água.

Também estiveram no evento, o vice-prefeito Orlando Pereira de Lima, Ricardo Demichelli (Diretor EMATER), Aldimar Rodrigo (CODEVASF), Noriel Cohen (representante do Deputado Federal Saraiva Felipe), Adelson Toledo (AMMESF) os vereadores Duim, Luciano, Eder Danilo, Keke Viana e Tião Santana, a Diretora Regional da Emater, Margarete Caires, e demais autoridades.

 

O evento acontece na parte da manhã e tarde finalizando com discussões e coquetel, além de ser elaborada uma carta em defesa do rio São Francisco, no Norte de Minas, para que as autoridades competentes tomem conhecimento da precariedade na qual se encontra o rio.