PREFEITURA E SAAE REALIZAM INVESTIMENTOS PARA MELHORAR O ABASTECIMENTO DE ÁGUA

A prefeitura de Pirapora, por meio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto -SAAE, assinou na manhã desta terça-feira, 17/01, as Ordens de Serviço para execução de obras de estruturas metálicas – para cobertura da área onde serão instalados os sistemas de quadros e conjuntos motobombas – e ainda construção e instalação de uma usina de 600kva de potência, 220 volts, cuja finalidade é o fornecimento de energia para alimentar o sistema de bombeamento da Estação de Tratamento de Água (ETA-2).

O investimento com recursos próprios da autarquia, no valor de R$ 890 mil, é parte integrante de um montante maior de reestruturação da ETA 2, e visa melhorar o abastecimento da parte alta da cidade, que vem sofrendo com desabastecimento devido o sistema não conseguir suprir a demanda, em virtude do crescimento populacional e criação de novos conjuntos habitacionais.

“São duas ordens de serviço importantes, que beneficiará bastante a população, pois 60% dos munícipes vivem hoje nesta parte alta da cidade. Mas este investimento só é possível com auxílio dos servidores do SAAE e com o apoio e gestão do prefeito Alex Cesar, que entendeu quais eram as necessidades da autarquia. Porém, este é início da caminhada, hoje demos um passo importante para sanar o problema de abastecimento da parte alta, mas existem outros e com muita responsabilidade vamos avançar pela cidade”, comentou o diretor do SAAE, Bruno Santos.

“Como Bruno bem ressaltou, temos muito trabalho pela frente, mas a projeção é muito boa. Com nosso esforço em conjunto vamos buscar investimentos para a rede de esgoto do Barreiro, Bom Jesus I e II, além de melhorias no Sagrada Família. Por isso, hoje é importante divulgarmos essa ordem de serviço, que é fruto da autoeficiência do SAAE e da prefeitura, que só é possível com um trabalho justo e honesto”, disse o prefeito de Pirapora Alex Cesar.

CHUVA: AMPLIAÇÃO DE VAZÕES DA USINA DE TRÊS MARIAS

Conforme esperado, Minas Gerais vem recebendo volumes significativos de chuva neste início de janeiro, devido à formação de uma Zona de Convergência do Atlântico Sul – ZCAS. A ocorrência deste evento ao longo dos dias que seguiram ocasionou elevados volumes de chuva na maior parte da faixa central do estado.

Em Três Marias, as vazões que chegam superaram 2.000 m³/s na sexta-feira, 06, com tendência de permanecerem elevadas ao longo dessa semana. Com isso, a represa começou a ganhar nível de forma mais rápida, atingindo 70% de sua capacidade normal de armazenamento.

Dessa forma, considerando o cenário de continuidade de elevação das vazões afluentes, superiores a 3.000 m³/s, associado a um volume útil já superior a 70% nesta segunda-feira, 09, a CEMIG informou que será necessária nova ampliação controlada das vazões defluentes da UHE Três Marias nos próximos dias, sendo:

  • 10/01/2023, a partir de 8h, ampliação da vazão defluente total de 800 m³/s para 1300 m³/s.
  • 11/01/2023, a partir de 8h, ampliação da vazão defluente total de 1300 m³/s para 1650 m³/s.

A Defesa Civil de Pirapora, com a finalidade de evitar transtornos, pede que os ribeirinhos, moradores das ilhas, pescadores e população em geral fiquem atentos com a cheia do Rio São Francisco, neste momento de chuvas intensas.

Defesa Civil adota medidas preventivas para período chuvoso

No início desse mês, a Defesa Civil de Pirapora realizou uma reunião com a população das ilhas fluviais e entidades civis e militares, com o objetivo de alinhar medidas preventivas para evitar danos humanos e redução de prejuízos, caso ocorra inundação no rio São Francisco, diante da previsão pluviométrica para o período 2022/2023.

De acordo com a coordenadora da Defesa Civil do Munícipio, Carla Dias, o rio está sendo monitorado diariamente, através de boletins emitidos pela CPRM, que facilita a emissão antecipada de avisos de atenção, alerta e emergência. “Nesta reunião foi criado o Núcleo Comunitário de Proteção e Defesa Civil (Nupdec), composto por voluntários que residem nestas comunidades. Grupo este que tem a finalidade de apoiar as ações de defesa civil, além de ser um canal de informação segura, caso seja necessário a retirada de pessoas, bens e animais, antes do rio atingir o nível de emergência, afim de garantir a segurança de todos e também amenizar os prejuízos”, comentou Carla.

Participaram da reunião, a Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros, Prefeitura de Pirapora (Setor de Iluminação), presidentes das ilhas da Marambaia, Pimenta, Coqueiro e demais residentes.

Dia Mundial da Água

Em virtude do Dia Mundial da Água, comemorado no dia 22 de março, o 6º Pelotão da Policia Militar de Meio Ambiente e Trânsito, juntamente com a Prefeitura Municipal de Pirapora, SAAE, Gerência Regional de Saúde (GRS) e Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG), realizaram na tarde de ontem, uma blitz educativa, com o intuito de conscientizar a sociedade sobre a importância de conservar este recurso essencial para a nossa sobrevivência.

A blitz foi realizada em frente à sede da GRS, na Avenida Rio Grande do Sul. A PM organizou a logística do local, enquanto os alunos do IFNMG entregavam panfletos sobre como tratar e preservar a água.

Segundo o comandante do 6º Pelotão da PM de Meio Ambiente e Trânsito, tenente Weberson, este tipo de campanha é importante para alertar a população sobre o uso correto da água. “Nosso intuito aqui hoje, junto com os parceiros, é conscientizar as pessoas sobre a importância de preservar este bem precioso, pois se soubermos usar este recurso ele nunca faltará”, argumentou o oficial.

 

Para a coordenadora de gestão da GRS, Ana Lúcia Henrique Silveira, água é o recurso mais preciso do mundo, portanto, todos os dias o cidadão deveria refletir como está tratando este bem. “É preciso sempre realizar campanhas educativas para preservar a água, pois as pessoas a usam de maneira equivocada, sempre acham que é um recurso infinito”, enfatizou Ana.